Páginas

Se não encontrou o que queria, procure aqui, mas volte logo.

Pesquisa personalizada
22 maio 2010

"É muito tempo a desejar o tempo
De mudar ventos, levantar marés
É muita vida a desejar o alento
Que faz saber ao certo quem és
É funda a toca onde te escondes tanto
Tem a distância entre o silêncio e a voz
A vida rasga bocadinhos gastos do mundo
Vai descascando até chegar a nós
E tu que sabes tanto de mim
Tu que sentes quem eu sou
Dá-me o teu corpo como ponte que me salva
Do que o medo fechou
São muitos dias a perder em vão
Sem nunca entrar dentro de um labirinto
É muita vida a não ser o que tu sentes
A planar sobre o que eu sinto
É quase noite, não te escondas mais
Vai desatando até entrar o ar
Dá-me um gesto que me diga o teu fundo
Uma palavra para te tocar
Tu que sabes tanto de mim
Tu que sentes quem eu sou
Dá-me o teu corpo como ponte que me salve
Do que o medo fechou
Tu que sabes tanto do sol
És uma espécie de outra margem de mim
Olha-me dentro como chão que me agarre
Pode ser esta noite quente
A estrada aberta mesmo à nossa frente
E tu e eu a descobrir o ar
Não é preciso correr
Não é urgente chegar
O que é preciso é viver"
Não trate como prioridade quem lhe trata apenas como opção

Não gosto de desistir das coisas que amo.

Minha vida, e a vida das pessoas que me cercam, merece uma chance de ser especial e memorável. E isso inclui em que a gente se dedique para fazer a vida de alguém especial, feliz e completa. Com sorte, também significa ter alguém que faça isso pela gente. Não por dever, apenas, mas por ser um caminho apaixonante da realização.

Mas, infelizmente, referindo-me ao relacionamento entre duas pessoas, não podemos controlar todas as variáveis, as limitantes e os resultados. Até porque os resultados envolvem diferentes percepções, desejos e níveis de comprometimento.

  Amar, embora seja um verbo, antes de uma emoção, é uma daquelas áreas nas quais todos nós gostaríamos de controlar os dois lados da equação, mas só podemos controlar o nosso lado. E torcer.

Um romance, seja ele namoro, noivado, casamento ou bodas de diamante, exige que os dois queiram dar um passo em direção ao futuro misterioso todos os dias - juntos. Mesmo que seja para sofrerem juntos, desafiando os problemas. Se você é do tipo que quer casar, e continuar se comportando como solteiro(a), então é melhor não casar. Fique como está.

Sei que o que está na moda é a fantasia de que "ser livre" é o melhor. Ser independente é ótimo, mas, a verdade é bem diferente. Ninguém quer ficar só. As pessoas apenas vestem uma confortável imagem de que a "liberdade" é mais vantajosa do que o compromisso, assim como dizem veementemente que jamais entrarão em um supermercado que os tratou mal - só para irem direto lá, quando tiverem que comprar algo.

Quando o silêncio das paredes internas do coração começa a ser escutado, o "caldo entorna", e você se pega pensando em passar os próximos anos vivendo com aquela pessoa.

Na medida do possível, apoio meus amores em seus sonhos e desejos. Mas, nem sempre é possivel ou é a melhor coisa a se faazer. Há momentos nos quais você deve olhar bem para aquela pessoa que está tratando você apenas como uma opção, uma alternativa temporária, e deixar de ter a vida dela como sua prioridade. Algumas vezes, ser a pessoa ideal não é o bastante. Especialmente, quando o outro lado da moeda tem uma lista de prioridades enorme, e você aparece em um ingrato 1.000° lugar.

Naturalmente, há momentos nos quais um amor não pode lhe dar atenção. E eu até entendo isso. Há altos e baixos em qualquer vida, por isso não devemos assumir o pior, apenas por um problema temporário. Mas, há também situações nas quais você precisa entender que talvez haja muito mais dentro de você do que a outra pessoa nota ou dá valor. Não dá pra continuar sendo apenas mais um item, em uma agenda lotada. 

Dê todas as chances que puder. Mas, quando não houver mais o que fazer, não faça. Pare de tentar. Você saberá quando a hora chegou. Você saberá quando já tentou tudo.

E, quando chegar este momento, olhe ao redor. Se alguém não trata você como prioridade, há quem trate. Aí pertinho de você pode estar essa pessoa. É só olhar com o coração. Você merece ser prioridade de alguém. Você merece ser o rei, ou a rainha, e não o vassalo, ou vassala. O amor é um jogo de "iguais de coração". O amor é um jogo de trocas e ganha sempre quem percebe isso e começa a agir de forma companheira e protetora.

Créditos: Texto copiado e adaptado do excelente blog da Sue
21 maio 2010
Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.

Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "  Ninguém é insubstituível.


A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada.

De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?

- Tenho sim.

-E Beethoven ?

- Como? - o encara o diretor confuso.

- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio.....

O funcionário fala então:

- Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.

Afinal, as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.

Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? etc...

Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis.

Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa.

Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'erros/ deficiências' .

Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo , se Picasso era instável , Caymmi preguiçoso , Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico ...

O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.


Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.


Se seu gerente/coordenador , ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder/ técnico, que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria perdido todos esses talentos.

Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados . . . apenas peças.


Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:... . Ninguém ... pois nosso Zaca é insubstituível"


Nunca esqueça: Você é um talento único e com toda certeza ninguém te substituirá!


"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é..., e outras..., que vão te odiar pelo mesmo motivo..., acostume-se a isso..., com muita paz de espírito. ..".



É bom para refletir e se valorizar!


Um bom dia..... insubstituível!!!!!
Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais. Mas não tem problema, porque o ouvido masculino, seletivo, escuta somente o que Interessa.
 
Preste atenção!

O que a mulher diz:

- Esse lugar está uma bagunça, amor!
Você e eu precisamos limpar isto.
Suas coisas estão jogadas no chão
e você vai ficar sem roupas
pra usar se não guardá-las agora mesmo.

O que o homem escuta:

- blah, blah, blah, blah, AMOR,
blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU,
blah, blah, blah, blah, NO CHÃO,
blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS,
blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO.

Perceberam a diferença?
Caro Dr. Antônio Roberto,

Psicólogo e psicoterapeuta 

Espero que possa me ajudar.
Peguei meu carro e saí pra trabalhar, deixando meu marido em casa vendo televisão, como sempre. Rodei pouco mais de 1 km quando o motor morreu e o carro parou. Voltei pra casa, para pedir ajuda ao meu marido. Quando cheguei, nem pude acreditar, ele estava no quarto, com a filha da vizinha!
Eu tenho 32 anos, meu marido 34, e a garota 22. Estamos casados há 10 anos, ele confessou que eles estavam tendo um caso há 6 meses. Eu o amo muito e estou desesperada. Você pode me ajudar?

Antecipadamente grata.
Patrícia 
RESPOSTA
 
Cara Patrícia,
Quando um carro para depois de haver percorrido uma pequena distância, isso pode ter ocorrido devido a uma série de fatores. Comece por verificar se tem gasolina no tanque. Depois veja se o filtro de gasolina não está entupido.  Verifique também se tem algum problema com a injeção eletrônica. Se nada disso resolver o problema, pode ser que a própria bomba de gasolina esteja com defeito, não proporcionando quantidade ou pressão suficiente nos injetores. 

A pessoa ideal para ajudá-la seria um mecânico. Você jamais deveria voltar em casa para chamar seu marido. Ele não é mecânico. Você está errada. Não repita mais isso.

Espero ter ajudado.
Dr. Antônio Roberto
02 maio 2010


Data de nascimento ........... 06/04/1951
Hora de nascimento ........... 21h
Signo .................................. Áries
Ascendente ........................ Sagitário

 SOL EM ÁRIES, ASCENDENTE EM SAGITÁRIO – O SALTO DA FÉ


Em meu mapa astral, encontramos a combinação de dois signos de Fogo: Áries, meu signo solar, com Sagitário, meu signo ascendente. Uma palavra-chave para esta combinação é "alegria". Aproximando-me da vida de forma confiante e enérgica, acredito que exista um sentido para todas as coisas e uma voz me diz que sou uma pessoa especial, de alguma forma "protegida pelos deuses". Se isso é fato real ou não, pouco importa. Minha profunda fé termina criando um campo em torno de mim que leva o mundo a parecer um parque de diversões muito interessante... E eu estou nele para ter prazer!

O mundo de Sagitário ascendente é o da filosofia e da metafísica, das buscas distantes por outros universos coloridos, buscando uma explicação para o sentido da vida. Sei que me convém, volta e meia, aterrissar, caso contrário de nada adianta descobrir verdades superiores. Tenho que ter muito cuidado também com meu comportamento do estilo "dono da verdade", que é característica tão peculiar de Sagitário. Certeza demais é uma coisa que empobrece a inteligência, ter um pouco de dúvidas me ajuda a vislumbrar caminhos alternativos.

Crendo fervorosamente no sentido da vida, pra mim não existe isso de "algo que não deu certo". Todas as coisas fazem sentido, e o que não tiver lógica descubro que, lá no fundo, tem. Esta fé esperançosa de que tudo no final vai dar certo deriva de um forte contato que tenh com minha divindade interior, e tudo isso gera uma personalidade entusiástica. Vale, aliás, observar que o termo "entusiasmo" vem do grego "en theos" e significa, literalmente, "deus dentro". E com "deus dentro", quem pode comigo? Justamente por isso preciso tomar cuidado com o pecado da vaidade intelectual. Sagitário costuma ter respostas pra tudo, até mesmo quando não entendeu direito as perguntas. Humildade é algo que nunca faz mal para as pessoas de Áries com ascendente em Sagitário.

O excesso de Fogo desta combinação sugere um tipo intuitivo, que vê além da forma, e que pode ter um vivo interesse por filosofia e espiritualidade, precisando tomar um forte cuidado com tendências fanáticas e comportamentos do estilo "dono da verdade", ou do tipo "eu conheço o caminho". Preciso também trabalhar a relação com o corpo, pois excesso de Fogo pode sugerir uma desconexão corporal em prol de uma inflação mental, o que termina gerando doenças.

Ronaldo no Facebook

Visitem minha página no Facebook.

Quem sou eu

Minha foto
Ronaldo Nunes Siqueira Campos
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
---------------------------------------
Visualizar meu perfil completo

Arquivos

Seções

Parcerias
Ponto Perdido: Mistura de Assuntos Jogatina Online: Jogos em flash, shockwave, java e javascript para jogar direto no seu navegador
Cursos Online com certificados a partir de R$ 20