Páginas

Se não encontrou o que queria, procure aqui, mas volte logo.

Pesquisa personalizada
14 dezembro 2007



12 dezembro 2007
26 novembro 2007
Na noite passada, fui convidada para uma reunião com "as meninas". Eu disse a meu marido que estaria de Volta meia-noite:

- Prometo! Eu disse.

Mas, as horas passaram rapidamente e a champanhe estava rolando solta. Por Volta das 3 da manhã, bêbada feito um gambá, eu fui para Casa. Mal entrei e fechei a porta, o cuco do relógio disparou e "cantou" 3 vezes.

Rapidamente, percebendo que meu marido podia acordar, eu fiz "cu-co" mais 9 vezes.
Fiquei realmente orgulhosa de mim mesma por ter uma idéia tão brilhante e rápida (mesmo de porre) para evitar um possível conflito com ele.

Na manhã seguinte, meu marido perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse a ele:
- Meia-noite!

Ele não pareceu nem um pouquinho desconfiado. Ufa! Daquela eu tinha escapado! Então, ele disse:
- Nós precisamos de um novo cuco.

Quando eu perguntei
- por que?

Ele respondeu:
- Bom, de madrugada nosso relógio fez "cu-co" 3 vezes, depois, não sei porque, soltou um "caraaaaalhooooo!". Fez "cu-co" mais 4 vezes e espirrou. Fez mais 3 vezes, riu e fez mais 2 vezes. Daí tropeçou no gato, derrubou a mesinha da sala, peidou, vomitou no tapete e voltou para a casinha dele.
28 outubro 2007
Um jovem tinha lido todos os livros que encontrou sobre a filosofia ZEN. Ele ouviu falar de um grande mestre ZEN e conseguiu um encontro com ele, para lhe pedir alguns ensinamentos.

Quando estavam sentados frente a frente, o jovem começou a falar sobre tudo que ele tinha aprendido, em suas leituras, dizendo que ZEN era isso, ZEN era aquilo e assim por diante.

Depois de algum tempo, escutando o jovem falar, o Mestre sugeriu que eles tomassem um cha.

Então ele executou toda aquela cerimonia de preparação do cha, enquanto o jovem o acompanahava com muita atenção. O mestre começou a encher a xicara do jovem. Ele colocou cha até que a xicara ficou completamente cheia. Mas o mestre não parou de colocar cha, que derramou sobre o pires que logo transbordou, molhando a toalha. Mesmo assim o mestre continuou colocando mais cha, que começou a escorrer pela mesa até atingir o chão.

Nesse momento o jovem aprendiz não se conteve e começou a gritar:

"Pare! Pare de colocar cha! A chicara está cheia e não cabe mais nenhum cha nela."

O Mestre então parou de colocar cha e disse:

"Assim como esta xicara, sua mente está cheia de suas próprias opniões e preconceitos. Como voce poderá aprender mais alguma coisa sem antes esvaziar a sua xicara?"

09 outubro 2007
Assisti a algumas imagens do velório do Bussunda, quando os colegas do casseta & Planeta deram seus depoimentos. Parecia que, a qualquer instante, iria estourar uma piada. Estava tudo sério demais, faltava a esculhambação, a zombaria, a desestruturação da cena. Mas nada acontecia ali de risível, era só dor e perplexidade. A verdade é que não havia nada a acrescentar no roteiro: a morte, por si só, é uma piada pronta.

Morrer é ridículo. Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre.


Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente?


Não sei de onde tiraram esta idéia: morrer. A troco de que?


Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio, estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente.

Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu.

Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente...


De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway, numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis.


Qual é? Morrer é um chiste.


Obriga você a sair no melhor da festa, sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir, outra vez, sua música preferida.


Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e , penduradas também, algumas contas.

Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu.


Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer.


Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã.
Se faz check-up regulares e não tem vícios, morre do mesmo jeito. Isso é para ser levado a sério?

Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que não há quase nada guardado nas gavetas.


Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo, antes de viver até a rapa?
Isto não se faz. Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça.

Por isso viva tudo que há para viver. Não se apegue às coisas pequenas e inúteis da Vida...

Perdoe....sempre!!! Seja feliz sempre... Seja feliz hoje, pois amanhã pode ser tarde demais....

Crédito: Pedro Bial
Mineirim no leito de morte decidiu ter uma conversa definitiva com a sua companheira de toda a vida sobre a fidelidade da mesma.
- Muié, pode falá sem medo...já vô morrê mess e prifiro sabê tudim direitim... Ocê arguma veiz traiu eu?
- Ô Zé, num fala dessas coisa que eu tenho vergonha....
- Pode falá muié....
- Quero não...
- Fala muié, disimbucha...
- Mió dexá pra lá...Zé
- Vai, conta...
- Queto Zé, morre em paz...
Depois de muita insistência ela resolveu abrir o jogo.
- Tá bão Zé, vou contá, mais num si responsabilizo...
- Pode contá.
- Ói Zé, traí sim, mas foi só trêis veiz.
- Intão conta sô! Trêis veiz nessa vida toda até qui num foi muito!
- A primera foi quando cê foi demitido daqueli imprego qui ce brigou cum chefe.
- Ué, mas eu fui adimitido dinovo logo dispôis sô.
- Pois é Zé...eu fui lá cunversá cum ele, acabei dano pra ele e ele ti contratô di vorta.
- Ah, muié, cê foi muito boa cumigo...essa traição num dá nem pra leva mar, foi pela necessidade da nossa famía...tá perdoada. E a segunda?
- Lembra quando cê foi preso pru modi daquele furdunço que cê prontô na venda?
- Lembro muié, mas num fiquei nem meio dia na cadeia.
- Pois é Zé...eu fui lá cunversá cum delegado e acabei dano pra ele ti sortá...
- Ê muié, isso nem conta também não, a carsa foi justa...imagina ficá preso lá um tempão. Ocê nem me traiu, foi pela nossa famía e pela minha liberdade, uai. E a úrtima?
- Lembra quando cê si candidatô pra vereadô?
- Lembro muié...quase me elegeru.
- Pois é... eu qui consegui aqueles 12.752 votu!...

Créditos: Marcia


Contato para encomendas: margotpontello@hotmail.com

Pecado é pecado e pronto!

Um sujeito trabalhando pesado, vê outro, deitado numa rede, na maior folga e diz :
-Você sabia que a preguiça é um dos sete pecados capitais?
E o outro, sem nem se mexer, lhe responde:
- A inveja também!!!

Créditos: Dagna Souza
04 outubro 2007
Assuma responsabilidades

Crédito: http://www.esoterikha.com
Quatro passos para o SUCESSO

Crédito: http://www.esoterikha.com
Quatro passos para o SUCESSO

Crédito: http://www.esoterikha.com
03 outubro 2007
26 setembro 2007
Foi tudo muito rápido. A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito, vacilou, cambaleou, deu um gemido e apagou. Quando voltou a abrir os olhos, viu-se diante de um imenso Portal. Ainda meio zonza, atravessou-o e viu uma miríade de pessoas. Todas vestindo cândidos camisolões e caminhando despreocupadas. Sem entender bem o que estava acontecendo, a executiva bem-sucedida abordou um dos passantes:
- Enfermeiro, eu preciso voltar urgente para o meu escritório, porque tenho um meeting importantíssimo. Aliás, acho que fui trazida para cá por engano, porque meu convênio médico é classe A, e isto aqui está me parecendo mais um pronto-socorro. Onde é que nós estamos?
- No céu.
- No céu?...
- É.
- Tipo assim... o céu, CÉU...! Aquele com querubins voando e coisas do gênero?
- Certamente. Aqui todos vivemos em estado de gozo permanente. Apesar das óbvias evidências (nenhuma poluição, todo mundo sorrindo, ninguém usando telefone celular), a executiva bem-sucedida custou um pouco a admitir que havia mesmo apitado na curva. Tentou então o plano B: convencer o interlocutor, por meio das infalíveis técnicas avançadas de negociação, de que aquela situação era inaceitável. Porque, ponderou, dali a uma semana ela iria receber o bônus anual, além de estar fortemente cotada para assumir a posição de presidente do conselho de administração da empresa. E foi aí que o interlocutor sugeriu:
- Talvez seja melhor você conversar com Pedro, o síndico.
- É? E como é que eu marco uma audiência? Ele tem secretária?
- Não, não. Basta estalar os dedos e ele aparece.
- Assim? (...)
- Pois não?
A executiva bem-sucedida quase desaba da nuvem. À sua frente, imponente, segurando uma chave que mais parecia um martelo, estava o próprio Pedro. Mas, a executiva havia feito um curso intensivo de approach para situações inesperadas e reagiu rapidinho:
- Bom dia. Muito prazer. Belas sandálias. Eu sou uma executiva bem-sucedida e...
- Executiva... Que palavra estranha. De que século você veio?
- Do 21. O distinto vai me dizer que não conhece o termo 'executiva'?
- Já ouvi falar. Mas não é do meu tempo. Foi então que a executiva bem-sucedida teve um insight. A máxima autoridade ali no paraíso aparentava ser um zero à esquerda em modernas técnicas de gestão empresarial. Logo, com seu brilhante currículo tecnocrático, a executiva poderia rapidamente assumir uma posição hierárquica, por assim dizer, celestial ali na organização.
- Sabe, meu caro Pedro. Se você me permite, eu gostaria de lhe fazer uma proposta. Basta olhar para esse povo todo aí, só batendo papo e andando a toa, para perceber que aqui no Paraíso há enormes oportunidades para dar um upgrade na produtividade sistêmica.
- É mesmo?
- Pode acreditar, porque tenho PHD em reengenharia. Por exemplo, não vejo ninguém usando crachá. Como é que a gente sabe quem é quem aqui, e quem faz o quê?
- Ah, não sabemos.
- Headcount, então, não deve constar em nenhum versículo, correto?
- Hã?
- Entendeu o meu ponto? Sem controle, há dispersão. E dispersão gera desmotivação. Com o tempo isto aqui vai acabar virando uma anarquia. Mas nós dois podemos consertar tudo isso rapidinho implementando um simples programa de targets individuais e avaliação de performance.
- Que interessante...
- Depois, mais no médio prazo, assim que os fundamentos estiverem sólidos e o pessoal começar a reclamar da pressão e a ficar estressado, a gente acalma a galera bolando um sistema de stock option, com uma campanha motivacional impactante, tipo: 'O melhor céu da América Latina'.
- Fantástico!
- É claro que, antes de tudo, precisaríamos de uma hierarquização e um organograma funcional, nada que dinâmicas de grupo e avaliações de perfis psicológicos não consigam resolver.
- !!!...???... !!!...??? ...!!!
- Aí, contrataríamos uma consultoria especializada para nos ajudar a definir as estratégias operacionais e estabeleceríamos algumas metas factíveis de leverage, maximizando, dessa forma, o retorno do investimento do Grande Acionista... Ele existe, certo?
- Sobre todas as coisas.
- Ótimo. O passo seguinte seria partir para um downsizing progressivo, encontrar sinergias high-tech, redigir manuais de procedimento, definir o marketing mix e investir no desenvolvimento de produtos alternativos de alto valor agregado. O mercado telestérico, por exemplo, me parece extremamente atrativo.
- Incrível!
- É óbvio que, para conseguir tudo isso, nós dois teremos que nomear um board de altíssimo nível. Com um pacote de remuneração atraente, é claro. Coisa assim de salário de seis dígitos e todos os fringe benefits e mordomias de praxe. Porque, agora falando de colega para colega, tenho certeza de que você vai concordar comigo, Pedro. O desafio que temos pela frente vai resultar em um Turnaround radical.
- Impressionante!
- Isso significa que podemos partir para a implementação?
- Não. Significa que você terá um futuro brilhante... se for trabalhar com o nosso concorrente. Porque você acaba de descrever, exatamente, como funciona o Inferno...

Crédito: Max Gehringer (Revista Exame)
19 setembro 2007
1 - Beba uma cerveja antes de cada refeição: Isso reduzirá seu apetite e você comerá menos.

2- A cerveja é elaborada a partir de vegetais: Lúpulo,levedura, malte, cereais, etc. Logo, a cerveja é praticamente uma GRANOLA.

3- A cerveja contém 95% de água: Portanto, é um alimento hidratante.

4- A cerveja pode ser acompanhada de castanhas (de cajú, do Pará, etc), amendoins, amêndoas, nozes, avelãs: Tudo isso é de origem vegetal e com um percentual elevado de fibras alimentares. Fibras são muito saudáveis.

5- A cerveja contém conservantes: conservam e fazem você parecer mais jovem.

6- Uma caixa de cerveja pode fornecer toda a sua necessidade diária de calorias e carboidratos: Não é prático isso?

Indique esta mensagem para 16 "pinguços ou pinguças" amigos e você perderá 2kg. Se não indicar você ganhará 10kg e 1 caixa de Kaiser quente.

Fiz minha parte colocando aqui no Blog... vai que a coisa pega!!!

Crédito: Cléverson Crisóstomo (Paracatu - MG)
17 setembro 2007
13 setembro 2007

UM DOS MAIORES BANCOS BRASILEIROS LANÇA CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL COM BÔNUS EM MARKETING MULTINÍVEL

MEGA BONÛS UNIBANCO MASTERCARD

O UNIBANCO surpreendeu o mercado com o lançamento do MEGABÔNUS, um cartão de crédito Mastercard Internacional, que não exige comprovação de renda e paga bônus em três níveis de indicações.

O mercado de cartões de crédito movimentou mais de R$ 150 bilhões em 2006, e vem crescendo 25% ao ano. O cadastro é GRÁTIS até dezembro. Se a idéia for divulgada na imprensa, milhões de usuários de cartões vão querer migrar para este sistema. Por isso corra e garanta logo o seu número de indicação:

R$ 500 A R$ 5.000 DE RENDA EXTRA NÃO FAZ MAL A NINGUÉM!

É um negócio fantástico, que retorna uma porcentagem do valor de todas as compras feitas por você e todos os seus indicados, em toda a rede MASTERCARD, no mundo inteiro.

  • Quantas pessoas estão dispostas a trocar de bandeira e de cartão pela oportunidade de ter suas contas de consumo pagas?
  • Quantas vão ganhar dinheiro ou até mesmo enriquecer com isso?
  • Quantas pessoas, que hoje tem problemas com SERASA ou SPC, podem ter um cartão de crédito internacional?
  • Quantas pessoas, que não tem como comprovar renda oficial, podem ter o seu cartão de crédito?
Não perca tempo. Este programa está apenas começando, mas, a velocidade é impressionante.

Não acredita?

Acesse a página oficial do Banco
(http://www.unibanco.com.br/megabonus/) ou acesse o site http://www.megabonus.com.br e siga os

3 PASSOS RÁPIDOS PARA SE CADASTRAR:

1 - Ligue para a central UNICARD/MEGABÔNUS 4004-3000. Selecione opção 3
2 - Informe este código de patrocinador: 1170003141001
3- Informe seus dados cadastrais (CPF, número de identidade (RG) e CEP). Não é necessária comprovação de renda.

Se você for cliente do Unibanco, ou tiver um Cartão de Crédito Unicard, o atendente já terá seus dados cadastrados.

NEM PENSE EM FICAR DE FORA

Você pode já estar envolvido, e satisfeito, com seus negócios em MARKETING MULTINÍVEL, mas não pode fechar os olhos para esses FATOS:
  • Quando uma empresa como o UNIBANCO se une a uma OPERADORA DE CARTÃO DE CRÉDITO para lançar um produto no mercado, não é coisa pequena.
  • O UNIBANCO realmente comprou a idéia do MARKETING MULTINÍVEL e é proprietário do PROGRAMA, ou seja, não é "fornecedor" de um serviço distribuído por outra empresa. O UNIBANCO, agora, tem uma divisão em MARKETING MULTINÍVEL. É uma revolução! O comprometimento é total e este negócio SÓ PODE DAR CERTO!
  • Quando este negócio vazar para a imprensa, o MARKETING MULTINÍVEL ganhará uma projeção jamais vista, impulsionando o seu negócio atual.
  • Estamos falando de um negócio que movimentará bilhões por dia em um futuro muito próximo.
  • Protegido pelo sigilo bancário, você não precisa se expor para fazer essa rede. Basta indicar algumas pessoas da sua confiança e aguardar a explosão na mídia.

De que lado você vai estar quando isso acontecer?

Você ganha com o consumo das pessoas de sua rede, até a terceira geração e, o que é melhor, SEM CONSULTA A SPC OU SERASA

De forma resumida, o PLANO é o seguinte:

VOCÊ GANHA:
  • 1% dos valores gastos por você mesmo, e por seus INDICADOS DIRETOS, convertidos em MEGA BÔNUS (E VOCÊ PODE CADASTRAR QUANTAS PESSOAS QUISER)
  • 2% dos valores gastos por todas as pessoas do SEGUNDO NÍVEL
  • 4% dos valores gastos por todas as pessoas do TERCEIRO NÍVEL
Os MEGA BÔNUS serão convertidos em Reais e este dinheiro será creditado mensalmente em seu cartão de crédito para você gastar onde e como quiser em toda a rede de lojas que aceitem cartões MASTERCARD.

A ADESÃO É GRÁTIS

  • Imagine que você cadastre 30 pessoas.
  • Imagine que elas, também, cadastrem 30 pessoas cada uma (Serão mais 900 novos associados em sua rede)
  • Se cada um desses 900 cadastrarem mas 30 pessoas cada uma , sua rede passará a ter mais de 27.000 associados.
  • Agora, vamos supor um consumo médio de 200 Reais em cada um desses 27.000 cartões
  • Como você recebe pontos relativos a um percentual dos gastos em cada cartão de acordo com o nível que eles estejam em sua rede (1%, 2% e 4%) procure calcular o número de pontos de MEGA BÔNUS que você receberá.
  • Esses MEGA BÔNUS serão convertidos em Reais (10 MEGA BÔNUS = R$1,00) e serão creditados em seu cartão, para você gastar como e onde quiser

Veja alguns exemplos de ganhos no site http://www.unibanco.com.br/megabonus


CADASTRE-SE, AGORA MESMO, LIGANDO PARA O TELEFONE 4004-3000 ou 0800 7223000 (Use a opção 3) E INFORME O IDENTIFICADOR 1170003141001

Meu e-mail para contato é o megabonus@rvsites.com.br

MAIS INFORMAÇÕES PELO SITE http://www.megabonus.com.br


RECEBA SEU CÓDIGO EM 24 HORAS


24 horas após o término da ligação, para fazer seu cadastro, já será possível obter seu próprio código, pela central de atendimento do Unibanco (4004-2030 - Capital ou 0800-722-2030 - Interior) escolhendo a opção 3.

Informe que já fez seu cadastro e peça seu número de INDICADOR.

MAS...

SE VOCÊ AINDA NÃO SE CADASTROU:

CADASTRE-SE, AGORA MESMO, LIGANDO PARA O TELEFONE 4004-3000 ou 0800 7223000 (Use a opção 3) E INFORME O IDENTIFICADOR 1170003141001


10 setembro 2007
Site do dia
Outro interessante site para quem precisa distribuir arquivos entre amigos e clientes. O idioma é o Ingles mas não é dificil se encontrar a forma de se cadastrar. Basta clicar, no menu superior à direita, em "Create a free Account" e, na janela que vai aparecer, colocar seu email, uma senha (password), que deve ser repetida e finalizar apertando o botão amarelo "Create a Free Account". Feito isso basta fazer seu Login (clicando no menu superior à direita no link "Login", colocando o email e a senha usados para o cadastro.

Feito o Login agora basta fazer o upload de arquivos que deseje compartilhar e avisar seus amigos sobre o site.


Clique para visitar o MediaFire
08 setembro 2007
Música do dia

Sucesso Absoluto! Só falta você!


Este é um convite de:
Ronaldo Nunes Siqueira Campos


Meu site é: http://www.ronaldonsc.ondaoi.com.br


Assista ao vídeo de apresentação!

30 min
Quero que você faça parte do meu Clube de Amigos Online.

Aproveite este lançamento
que está conquistando todo o Brasil e distribuindo prêmios incríveis:
Muito Dinheiro, Motos, Carros, Apartamentos, tudo isso e muito mais através de um programa de indicações sério, fácil de entender e praticar. Boa sorte!


No Clube OndaOI quem participa, ganha!!!



Premiações:

Celulares - Sony Ericsson W300I
Cameras Digitais - Sony DSC-W55
MP5 Foston 3.0
Notebooks Sony Vaio VGN C190
Motos Honda CG 150 (1 Ano de seguro)
Carros 0km Honda New Civic
Casas Mobiliadas no valor de R$350.000



Ganhe Dinheiro !

PLANO DE COMPENSAÇÃO

(POSSIBILIDADES DE GANHOS)


Níveis

Total de pessoas

Ganhos Adesão 6%

Ganhos Mensalidade 10%

1

25

R$ 30,00

R$ 3,00

2

625

R$ 750,00

R$ 75,00

3

15.625

R$ 18.750,00

R$ 1.875,00

4

390.625

R$ 468.750,00

R$ 46.875,00

5

9.765.625

R$ 11.718.750,00

R$ 1.171.875,00


06 setembro 2007
Música do dia
05 setembro 2007
Vídeo do Dia


Photo Mistakes - For more of the funniest videos, click here
Música do dia
Qual é a forma que você usa para efetivar pagamentos e recebimentos pela internet?
Já experimentou criar uma conta no PagSeguro?
Clique neste banner para conhecer essa nova experiencia

Abra sua conta PagSeguro e comece a aceitar cartões de crédito e pagamentos online, imediatamente.
03 setembro 2007
1. Last FM
Este site permite que você escute músicas de um artista em particular de sua escolha. Crie uma playlist e toque suas músicas em uma conexão de Internet relativamente rápida

2. You send it
Com este serviço de transferencia de arquivos, você pode enviar um arquivo de 100MB (com validade de até sete dias por arquivo) de graça. Apenas especifique o seu email e o do destinatário, selecione o arquivo para a transferencia e pronto..... Não é necessário se registrar para usar. O upload é rápido e este é um site muito útil para a transferencia de grandes arquivos.

3. Tafiti
Combina o Microsoft Live Search com o poder do Silverlight. Você terá que instalar o silverlight em seu computador para trabalhar com ele. Tem uma interface legal.

Música do dia
Um paulista deixou as ruas chuvosas de São Paulo, para umas férias no Rio de Janeiro, e sua esposa, que estava viajando a negócios, ia encontrá-lo no dia seguinte.
Quando chegou ao hotel, resolveu mandar um e-mail para sua mulher e, como não achou o papelzinho onde tinha anotado o endereço do e-mail dela, tirou da memória o que lembrava e torceu para que estivesse certo.
Infelizmente ele errou uma letra, e a mensagem foi para uma senhora maranhense, cujo marido havia morrido no dia anterior.
Quando ela foi checar os seus e-mails, deu uma olhada no monitor, deu um grito de profundo horror e caiu dura e morta no chão.
Ao ouvir o grito, sua família correu para o quarto e leu o seguinte texto na tela do monitor:
"Querida, acabei de chegar. Foi uma longa viagem... Apesar de só estar aqui há poucas horas, já estou gostando muito. Falei aqui com o pessoal e está tudo preparado para sua chegada amanhã. Tenho certeza que você também vai gostar.
Beijos do seu eterno e amoroso marido.

PS: Está fazendo um calor infernal aqui!!! Se prepare"

Crédito: Bruna Dias
02 setembro 2007
Música do Dia
31 agosto 2007
Nas relações humanas no trabalho, existem apenas 3 regras:

Regra número 1
:
colegas passam, mas inimigos são para sempre. A chance de uma pessoa se lembrar de um favor que você fez a ela vai diminuindo à taxa de 20% ao ano. Cinco anos depois, o favor será esquecido. Não adianta mais cobrar. Mas a chance de alguém se lembrar de uma desfeita se mantém estável, não importa quanto tempo passe. Exemplo: se você estendeu a mão para cumprimentar alguém em 1997 e a pessoa ignorou sua mão estendida, você ainda se lembra disso em 2006.


Regra número 2:
A importância de um favor diminui com o tempo, enquanto a importância de uma desfeita aumenta. favor é como um investimento de curto prazo. Desfeita é como um empréstimo de longo prazo.Um dia, ele será cobrado, e com juros.

Regra número 3:
Um colega não é um amigo. Colega é aquela pessoa que, durante algum tempo, parece um amigo. Muitas vezes, até parece o melhor amigo. mas isso só dura até um dos dois mudar de emprego. Amigo é aquela pessoa que liga para perguntar se você está precisando de alguma coisa. Ex-colega que parecia amigo é aquela pessoa que você liga para pedir alguma coisa, e ela manda dizer que no momento não pode atender.

Durante sua carreira, uma pessoa normal terá a impressão de que fez um milhão de amigos e apenas meia dúzia de inimigos. Estatisticamente, isso parece ótimo. mas não é. A "Lei da Perversidade Profissional" diz que, no futuro, quando você precisar de ajuda, é provável que quem mais poderá ajuda-lo é exatamente um daqueles poucos inimigos.
Portanto, profissionalmente falando, e pensando a longo prazo, o sucesso consiste, principalmente, em evitar fazer inimigos. Porque, por uma infeliz coincidência biológica, os poucos inimigos são exatamente aqueles que tem boa memória.

Crédito: Max Geringer
Um sujeito, voltando de uma viagem de negócios, entra em um táxi no aeroporto.
Enquanto se dirigem para casa, ele pergunta ao taxista se ele topa ser testemunha, pois suspeita que sua esposa está tendo um caso e pretende flagrá-la no ato.
O motorista concorda e ao chegarem silenciosamente à casa, sobem pé ante pé até o quarto.
O marido acende as luzes, arranca o cobertor e lá está a esposa dele na cama com outro cara.
O marido coloca a arma na cabeça do homem nu.
A esposa grita:
- Não faça isso! Este homem tem sido muito generoso! Eu menti para você quando disse que herdei dinheiro. Foi ele quem pagou o BMW Z3 que eu comprei para você.
Ele pagou também o nosso Land Rover, o iate novo, e foi ele quem comprou e mantém a nossa casa em Angra e comprou o nosso título do Country Club!
Perplexo, o marido abaixa a arma. Olha para o motorista e pergunta:
"- O que você faria?"
O motorista responde:
- Eu o cobriria logo com o cobertor, antes que ele pegue uma gripe!!!
Crédito: Roberto Lima
22 agosto 2007
Entrei apressado e com muita fome no restaurante. Escolhi uma mesa bem afastada do movimento, pois queria aproveitar os poucos minutos que dispunha naquele dia atribulado, para comer e consertar alguns bugs de programação de um sistema que estava desenvolvendo, além de planejar minha viagem de férias, que a tempos não sei o que são.

Pedi um filé de salmão com alcaparras na manteiga, uma salada e um suco de laranja, afinal de contas fome é fome, mas regime é regime né? Abri meu notebook e levei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim:


- Tio, dá um trocado?

- Não tenho, menino.

- Só uma moedinha para comprar um pão.

- Esta bem, compro um para você. Para variar, minha caixa de entrada esta lotada de e-mails. Fico distraído vendo poesias, as formatações lindas, dando risadas com as piadas malucas. Ah! Essa música me leva a Londres e as boas lembranças de tempos idos.

- Tio, pede para colocar margarina e queijo também. Percebo que o menino tinha ficado ali.

- Ok. Vou pedir, mas depois me deixe trabalhar, estou muito ocupado, tá? Chega a minha refeição e junto com ela meu constrangimento. Faço o pedido do menino, e o garçom me pergunta se quero que mande o garoto ir embora. Meus resquícios de consciência, me impedem de dizer. Digo que esta tudo bem! Deixe-o ficar. Que traga o pão e, mais uma refeição descente para ele.

Então ele sentou a minha frente e perguntou:

- Tio o que está fazendo?

- Estou lendo uns e-mails.

- O que são e-mails?

- São mensagens eletrônicas mandadas por pessoas via Internet. Sabia que ele não ia entender nada, mas, a título de livrar-me de maiores questionários disse):

- É como se fosse uma carta, só que via Internet.

- Tio você tem Internet?

- Tenho sim, essencial ao mundo de hoje.

- O que é Internet?

- É um local no computador, onde podemos ver e ouvir muitas coisas, notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender. Tem de tudo no mundo virtual.

- E o que é virtual?

Resolvo dar uma explicação simplificada, novamente na certeza que ele pouco vai entender e vai me liberar para comer minha refeição, sem culpas.

- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar,tocar. É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos nossas fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que fosse.

- Legal isso.. Gostei!

- Mocinho, você entendeu que é virtual?

- Sim, também vivo neste mundo virtual.

- Você tem computador?

- Não, mas meu mundo também é desse jeito... Virtual. Minha mãe fica todo dia fora, só chega muito tarde, quase não a vejo, eu fico cuidando do meu irmão pequeno que vive chorando de fome e eu dou água para ele pensar que é sopa, minha irmã mais velha sai todo dia, diz que vai vender o corpo, mas não entendo, pois ela sempre volta com o corpo, meu pai está na cadeia há muito tempo, mas sempre imagino nossa família toda junta em casa, muita comida, muitos brinquedos de natal e eu indo ao colégio para virar medico um dia. Isso é virtual não é tio?

Fechei meu notebook, não antes que as lágrimas caíssem sobre o teclado. Esperei que o menino terminasse de literalmente "devorar" o prato dele, paguei a conta, e dei o troco para o garoto, que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que já recebi na vida e com um:

- "Brigado tio você é legal!".

Ali, naquela instante, tive a maior prova do virtualismo insensato em que vivemos todos os dias, enquanto a realidade cruel rodeia de verdade e fazemos de conta que não percebemos!

Créditos: Texto de autor desconhecido
  • A sinceridade é o princípio e o fim de todas as coisas
  • De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos.
  • A maior glória não é ficar de pé, mas levantar-se cada vez que se cai.
  • Não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.
  • Todos comem e bebem; são poucos os que sabem distinguir os sabores.
  • Transportai um punhado de terra todos os dias, e fareis uma montanha.
  • Cuida de evitar os crimes, para que não sejas obrigado a puni-los.
  • Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia de sua vida.
  • Não comas com quem te sustenta e te afronta.
  • Os homens ocultam uma vez por prudência o que por vaidade mostram dez vezes.
  • Um jovem em casa deve amar os pais, e fora de casa respeitar os velhos. Deve ser discreto mas, ao mesmo tempo, falar com convicção quando se fizer necessária a sua ação; deve amar a todos os homens, sem distinção, e alegrar-se com as pessoas de bom coração. Se assim se portar, terá condições de bem se governar e a outros.
  • Se tiverdes acesso à fama, comporta-te como se estivesses a receber um hóspede; se estiverdes no governo de um povo, comporta-te como se estivesses pronto a oferecer um grande sacrifício.
  • Para onde quer que fores, vai todo, leva junto teu coração.
  • Não te suponhas tão grande ao ponto de pensares ver os outros menores que ti.
  • Lembre sempre que existes porque existiram outros antes de ti.
  • Se queres demosntrar como queres ser tratado, trata desta forma primeiro aos demais.
  • Se o povo for conduzido apenas por meio de leis e decretos impessoais e se forem trazidos à ordem apenas por meio de punições, ele apenas procurará evitar a dor das punições, evitando a transgressão por medo da dor. Mas se ele for conduzido pela virtude e trazido à ordem pelo exemplo e pels ritos em comum, ele terá o sentimento de pertencer a uma coletividade e o sentimento de vergonha quando agir contrário a ela e, assim, bem se comportará de livre e espontânea vontade.
  • As boas pessoas se aperfeiçoam quando têm oportunidade e corrigem os seus erros.
  • As boas pessoas analisam a si mesmas e cultivam a virtude.
  • As boas pessoas são factuais em seu discurso e consistentes em seus ato

Créditos: Copiado do site: http://an.locaweb.com.br/Webindependente/filosofiaoriental
16 agosto 2007

Créditos: Turma da Aliás: Elias Kfoury, Bruno Bicalho, Bruno Resque, Gustavo Black e Dani Morreale. Postado no Blog Caixa Preta
11 agosto 2007
Um mineirim tava no Ridijaneiro, bismado cas praia, pé discarço, sem camisa, aquele carção samba canção, sem cueca pur dibaixo. Os cariocas zombando, contando piada de mineiro.

Alheio a tudo, o mineirim olhou pro marzão e num se guentô: correu a toda velocidade e deu um mergúio, deu cambaióta, pegô jacaré e tudo mais.

Quando saiu, o carção de ticido finim tava transparente e grudadim na pele. Tudu mundo na praia tava oiano pro tamanho do pinguelo que o mineirim tinha. O bicho ia até pertim do juei. A turma nunca tinha visto coisa igual. As muié cum sorrisão, os homi roxo dinveja, só tinham olhos pro bixo.

O mineirim intão percebeu a situação, ficou todo envergonhado e gritou:
- Que qui foi, uai!!?? Vão dizê qui quando ocêis pula na água fria, o pintim dôceis num incói também!! ??

Créditos: Roberto Lima
Uma senhora muito bonita procura um tatuador e pede-lhe:
- Faça-me na nádega esquerda um lindo coelhinho de Páscoa.
O tatuador trabalhou e fez um perfeito coelhinho, que ela adorou.
- Agora, faça-me um Papai Noel com o seu saco de presentes na minha nádega direita.
O tatuador trabalhou e fez um lindo trabalho, que ela aprovou incondicionalmente. Ela perguntou quanto era, pagou e, quando ia sair, o tatuador perguntou:
- Minha senhora, o seu pedido para mim foi inédito e isso deixou-me muito curioso. Por favor diga-me: por que um coelho de Páscoa numa nádega e um Papai Noel na outra?
Ela respondeu:
- É para eu calar a boca do meu marido, que diz sempre que lá em casa não tem nada de bom para comer entre a Páscoa e o Natal.

Créditos: Roberto Lima
07 agosto 2007
05 agosto 2007
Desejo, primeiro, que você ame, e que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer, e que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim, mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo, também, que tenha amigos, que mesmo maus e inconseqüentes, sejam corajosos e fiéis, e que, pelo menos num deles você possa confiar sem duvidar.

Desejo, ainda, que você tenha inimigos. Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata, para que, algumas vezes, você se interpele a respeito de suas próprias certezas, e, que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo, depois, que você seja útil, mas não insubstituível. E que nos maus momentos,
quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo, ainda, que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que, fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais, e que sendo maduro, não insista em rejuvenescer e, sendo velho, não se dedique ao desespero, porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo, afinal, que você seja triste. Não o ano todo, mas apenas um dia. Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom, mas lembrando sempre que o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra, com o máximo de urgência, acima, e a respeito de tudo, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo, também, que você afague um gato, alimente um cuco e ouça o joão-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal, porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo, ainda, que você plante uma semente, por mais minúscula que seja, e acompanhe o seu crescimento, para que você saiba de quantas, muitas, vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático, e, pelo menos uma vez por ano, coloque um pouco dele na sua frente e diga "Isso é meu", só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo, também, que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você. Mas que, se morrer, você possa chorar sem se lamentar, sofrer ou se culpar.

Desejo, por fim, que você sendo homem, tenha uma boa mulher, e que, sendo mulher, tenha um bom homem. Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes. E quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda haja amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer,

NÃO TENHO MAIS NADA A LHE DESEJAR



Créditos: Não sei o autor mas gostaria de conhecer
18 julho 2007
Esta foi a mais espetacular forma de se passar uma receita de um sanduiche feito com Croissant.

Ele diz que não tolera meias verdades.
Ela diz que não suporta mentiras descaradas.
Ele afirma que jamais a trairia.
Ela confirma que jamais o traíra.
Ele se indigna com a desconfiança.
Ela a justifica como insegurança.
Ele nega motivos para tal.
Ela pensa em vários, mas nem tenta expô-los.
Sem tirar os olhos do livro, ele pede-lhe um tempo.
Sem tirar os olhos dele, ela pede-lhe mais tempo.
Exaltado, ele se vira, e a fita.
Constrangida, ela se estagna, e abaixa o olhar.
Ele grita que está ocupado, e insiste em deixar a conversa para depois.
Ela chora que está carente, e persiste em terminar a conversa.
Ele argumenta que não é hora.
Ela alega que a hora é agora.
Ela é emocional, e o deixa transparecer em cada gesto ou palavra.
Ele é racional, e o deixa explicito na ausência de gestos ou palavras.
Ela suplica que acredite na sua emoção.
Ele impõe que entenda a sua razão.
Ela desabafa sua tristeza, e lhe pede carinho.
Ele despeja suas preocupações, e lhe pede sossego.
Entre soluços desordenados escorrega um "por favor".
Nas palavras frias e concisas enfatiza um "por favor".
Ela cede. Levanta os olhos transbordantes de desilusão, segura a dor no peito, e dá meia volta.
Ele prevalece. Vira a cadeira, abaixa os olhos ao livro, apressados em decifrá-lo, e descobre a dor no peito.
Ela fecha a porta. Quase anestesiada vai até ao quarto, e deixa seu corpo cair sobre a cama.
Ele fecha o livro, abre a porta, e vai atrás dela. Encontra-a caída sobre a cama.
Ele a vira, e a aconchega no seu abraço.
Ela se vira, e se aconchega no seu abraço.
Ele se desprende da razão e deixa o coração falar, pedindo desculpas pela falta de paciência.
Ela se prende à razão e faz o coração se calar, pedindo desculpas pela falta de compreensão.
Ele adia a leitura, e lhe oferece atenção.
Ela pensa em adiar a atenção, mas aceita seus carinhos e os retribui com paixão.
Enamorados, na exacerbação de um reencontro fortalecido pelo desencontro circunstancial que o antecedeu... namoram.
Descansados da turbulência da discussão, e revigorados pela energia do prazer, de mãos dadas e almas envolvidas, descem as escadas e se embrenham na cozinha.

Ela o olha serenamente com incontida gratidão.
Ele percebe o seu olhar, e o retribui com reciprocidade.

Ela pega dois croissants e os corta ao meio.
Ele lava algumas folhas de agrião, reserva metade, e a outra metade bate no liquidificador, com três colheres (de sopa) de azeite de oliva, suco de um limão, e uma colher (de sopa) de mostarda.
Ela lava uma xícara de morangos, e os corta ao meio.
Ele separa as metades dos croissants.
Ela forra as metades inferiores com uma camada generosa de agrião.
Ele espalha sobre este, os morangos cortados.
Ela polvilha com batata palha.
Ele rega com o molho de agrião.
Ela cobre com as outras metades.

Ele pega o seu, e lhe entrega o outro, retendo por alguns segundos o contato da pele da sua mão.
Ela suspira, sorri e o contempla, retendo no coração a terna imagem deste momento.

Créditos:(É permitida a reprodução deste texto, desde que seja citada sua origem e autoria: www.sensibilidadeesabor.com.br; Cris da Silva.)
12 julho 2007
MOTIVAÇÃO SEM AÇÃO GERA FRUSTRAÇÃO

Uma pitada de sorte, muito suor, investimentos permanentes na carreira e uma dose cavalar de autoconhecimento: esses são os ingredientes para construir o sucesso profissional. Entre já para o time dos vencedores que se conhecem, se gostam e tiram o melhor das oportunidades e experiências para abrir novos caminhos. Aqui estão 20 dicas para que isso ocorra de uma forma mais "consciente".

1- SEJA ECLÉTICO (A)
Especializar-se é importante, mas, para se dar bem, o(a) profissional precisa ser capaz de lutar em várias frentes. Encare as tarefas diferentes como crescimento e deixe o "isto eu não faço" para quando tiver um cargo mais alto e maior poder de barganha e decisão.

2 - NÃO SE ACOMODE
Se você está há mais de dois anos na mesma "vidinha", e mesmo com um bom salário, e não busca mais nada, cuidado: para o mercado, você pode ser visto (a) como acomodado(a) e como alguém que não almeja crescimento. Procure colocações, pesquise, compare seus métodos com os de outros colegas. Essa "investigação" vai lhe trazer parâmetros mais exatos, mais acertados do que aqueles percebidos em seu próprio ambiente.

3 - SEJA ÉTICO(A)
Está nos jornais e na TV: o mercado é corruptível, e existem pessoas que fazem qualquer negócio para conseguir o que querem, inclusive abrir segredos profissionais para a concorrência ou "roubar" clientes e futuros prospectos dos parceiros de negócio. Esse tipo de atitude é indesculpável e a reação do mercado a ela é implacável: provavelmente, as oportunidades se fecharão para você e amizades se desfarão. Faça jus à confiança que recebeu e preserve seu bom nome a qualquer preço.

4 - JUNTE-SE À LINHA DE FRENTE
Existem basicamente três perfis de pessoas: as que fazem, as que mandam fazer e os "engenheiros de obra feita", que só criticam ações alheias. Se você está neste último time, fuja daí correndo. Seja um agente das mudanças, seja criativo e solidário. Vá atrás, observe mais e critique menos. Seja construtivo (a) e aprenda.

5 - CONHEÇA SEU AMBIENTE
Essa atitude "investigativa" é essencial para avaliar com objetividade suas possibilidades de ascensão e sucesso, próximas e futuras. Seja um pouco enxerido(a): que faz fulano para "se dar" tão bem? O que a empresa valoriza? Para quem destina o produto ou serviço? Esse exercício vai ajudá-lo(a) a identificar o melhor caminho a seguir e orientar seu crescimento.

6 - INVISTA EM SUA CARREIRA
Conhecimento não ocupa espaço. Estude idiomas, procure cursos, pós-graduação, especializações, reciclagens, workshops. Não espere que a empresa atenda a suas necessidades ou antecipe seus desejos. Vá à luta. Fale com seu mentor, mostre os benefícios que esse aprimoramento trará e se for o caso, invista seu tempo, e talentos para obter o resultado desejável. Invista em você mesmo(a), e se for o caso, financie ou negocie esse custo. Mas muito cuidado, não se endivide. De o passo do tamanho de seu bolso e interesses. Pese tudo com muita objetividade e honestidade.

7 - APOSTE EM VOCÊ COMO PESSOA
Não há como construir um(a) vencedor(a) se você se vê como um fracasso pessoal. Procure fazer o que gosta, dentro e fora do trabalho. Você vai se sentir mais feliz e lidará melhor com a frustração e aquele sentimento de improdutividade que às vezes bate. Não desanime: olhe a sua volta e alimente- se dos resultados que colheu, por menores que sejam.

8 - INVESTIGUE O MERCADO
É preciso ter uma visão abrangente dos rumos que sua atividade e o mundo estão tomando, ver o que acontece em sua área de atuação nos outros países. É muito comum encontrar pessoas decepcionadas com mercados saturados, que batalham para criar um diferencial quando já deviam estar realizadas. Para evitar decepções, tente conciliar as perspectivas com suas habilidades e desejos para que sua carreira lhe traga, além de sucesso e reconhecimento, satisfação pessoal.

9 - AVALIE AS MUDANÇAS COM OBJETIVIDADE
Se você é aquele tipo de pessoa que busca garantias para aceitar uma promoção, por exemplo, sua carreira tende a empacar. Assuma os riscos de suas decisões, até porque, numa troca de empresa, não há como prever como será sua adaptação ao ambiente e cultura novos, por melhores que eles sejam. Lembre-se: como na loteria, só tem chance de ganhar quem aposta. Se for o caso, não tenha medo de trocar ou de trabalhar em tempo integral, no que realmente fará a diferença em sua vida. Saiba avaliar isso com precisão e é bom, em alguns casos, buscar orientação em quem você confia ou que realmente está interessado em sua vitória.

10 - LEIA MUITO
E de tudo. Num mundo globalizado, saber o que acontece a nossa volta é obrigatório. Trafegar com desenvoltura por assuntos variados e sobre especificidades de sua área vai contar pontos a seu favor.

11 - SAIBA SE VENDER
Um bom marketing pessoal abre muitas portas. É importante que você transmita a importância daquilo que fez e como faz, para si e para o mercado de trabalho, com confiança. Cuidado apenas para não aparecer exibido(a): seja objetivo(a) ao ressaltar seus, pontos "positivos", conquistas e descobertas. O resto é decorrência disso.

12 - FOCALIZE OS OBJETIVOS NÃO OS EMPECILHOS
Quando as coisas se enrolarem, concentre-se no resultado e pare de perder tempo justificando os erros ou percalços do processo. Afinal, eles acontecem com todas nós praticamente o tempo todo. Reclamar é sabidamente um modo de perder tempo.

13 - MANTENHA-SE MOTIVADO(A) E ESTIMULE OS COLEGAS
Um certo desânimo de vez em quando é normal, desde que não vire regra. Muitas vezes, a insatisfação é provocada por algum processo desgastante que faz o objetivo parecer inexeqüível. Um bom papo competente ajuda e novos desafios resgatam sua motivação e estimulam toda a equipe a apontar-lhe novos caminhos.

14 - FAÇA UMA AUTO ANÁLISE
O(A)s profissionais que minam suas chances de sucesso geralmente não se conhecem, duvidam da própria capacidade e "travam" por medo e ansiedade. Se você se sente assim, é o momento de parar e pensar sobre o que a empresa e aqueles que "dependem" de tua atitude esperam de você e acima de tudo, o que você deseja da vida. O auto conhecimento é um processo contínuo, fundamental para construir o sucesso.

15 - ESPELHE-SE NOS VENCEDORES
A turma que vive cochichando sobre os insucessos alheios deve ser evitada bem como aqueles que tem "dor de cotovelo" do real sucesso de outros e vivem falando "isso ou aquilo". Espelhe-se no exemplo das pessoas que, mesmo não ocupando cargos de chefia, agem como vitoriosas e realizam-se a cada conquista. Em decorrência, ascendem profissionalmente. Pense sempre grande.

16 - NÃO FUJA DOS DESAFIOS
Ao deparar com uma tarefa difícil, uma promoção, um novo "pin", a tendência de boa parte das pessoas é fugir da raia. Que tal um pouco mais de autoconfiança? Se a empresa ofereceu-lhe a incumbência, é porque acredita em sua capacidade. O mesmo vale para uma nova retomada de decisão, uma nova arrancada: agarre a oportunidade e mostre a que veio.

17 - TRACE UM OBJETIVO DE VIDA
Objetivo é aquilo que pode ser quantificado, tem prazo para acontecer, envolve planejamento e escolha. Se você ficar apenas no plano do desejo ("quero ser realizada"), provavelmente desperdiçará boas oportunidades e não conseguirá direcionar sua energia e talento. Concentre-se na meta e, faça sempre uma reavaliação. Reavalie suas medições, e lembre-se "aquilo que não medimos, não poderemos controlar".

18 - SEJA COMPETITIVO. A FÉ DE QUE TUDO DARÁ CERTO, É FUNDAMENTAL.
Profissionais que se desconectam do mercado acabam vinculando seu sucesso à permanência na empresa onde estão. Pessoas bem sucedidas "funcionam" em qualquer lugar e não acreditam sua ascensão apenas a uma única estrutura. Sempre tenha novas estruturas funcionais, nunca dependa apenas de uma. Capitalize suas iniciativas e invista na educação contínua. V.V. Rien certa vez disse: "o aperfeiçoamento é conseqüência do fazer" Então, não tenha medo, pois essa bagagem ainda terá validade em novas lutas, em outras situações. Essa é uma ótima tática para praticar a independência e a autoconfiança.

19 - CONSTRUA UMA BOA REDE DE CONTATOS
Se você não quer passar por interesseiro(a), daquelas que só telefonam quando precisam, mantenha-se em contato com as pessoas. Família, amigos, conhecidos do trabalho, etc, e são eles que vão lhe trazer novas referências e abrir portas inesperadas.

20 - ASSUMA O CONTROLE DE SUA CARREIRA
Quem quer crescer não entrega o destino nas mãos de outra pessoa. A estratégia para dominar o crescimento é juntar em sua atividade o que você quer (desejo) e o que precisa (objetivo) com aquilo que o mercado oferece de melhor. Dominar esse processo significa mais chances de vencer e, principalmente, menos frustração. Mas nunca desiste, de tempo ao tempo.
08 julho 2007
Se você tem um site, e quer ver o tráfego de visitas aumentar rapidamente, cadastre-se neste site e comece a receber visitas. Basta clicar no banner abaixo e fazer o registro agora. Boa sorte.





Olá, Colega Empreendedor!


Este eBook já é um Sucesso de Vendas na Internet!
Aproveite Para Vender Milhares de Unidades Nestes Primeiros Dias de Lançamento!

Clique para aproveitar esta excelente oportunidade

29 junho 2007
Um Velho foi ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher, a atendente lhe pergunta:
- De que se queixa sua esposa?
- De surdez. Não ouve nada.
- Então o senhor vai fazer o seguinte:
Antes de trazê-la, fará um teste, para facilitar o diagnostico do médico.
Sem que ela esteja olhando, o senhor, a uma certa distância, falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouvi-lo.
Então quando vier dirá ao médico a que distância estava quando o ouviu.
Certo?
- Nesse dia, à noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou:
Estou a 15 metros de distância.Vai ser agora!
- Maria. o que temos para jantar?
Nada..... silêncio.
Aproxima-se 5 metros.
- Maria...... o que temos para jantar?
Nada.....silêncio. Fica à distância de 3 metros:
- Maria...... o que temos para jantar?
Silêncio.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, seu surdo! É a quarta vez que eu respondo!
26 junho 2007
Se você está em dúvida se casa ou se compra um cachorro, eis aí algumas dicas :
- Cachorros adoram quando o dono traz os amigos em casa
- Cachorros não se importam se você usar o seu shampoo
- Cachorros nem notam se você o chamar por outro nome
- Cachorros não fazem compras
- Cachorros adoram quando você deixa um monte de coisas no chão
- Cachorros têm o mesmo humor todos os dias do mês
- Cachorros nunca querem saber sobre o seu passado
- Os pais do cachorro nunca vêm lhe visitar
- Cachorros nunca o criticam
- Cachorros não se incomodam com o futebol
- Cachorros não assistem novelas
- Cachorros não são guiados por artigos de revistas, nem pelas "amigas"…
- Você não precisa esperar o cachorro se arrumar
- Cachorros adoram quando você está bêbado
- Cachorros não se importam se você não toma banho
- Cachorros não reclamam se você chega tarde em casa
- Cachorros não usam cartão de crédito
- Cachorros nunca abandonam seu dono
Pense bem !!!
25 junho 2007
Estou lançando hoje uma nova seção: Inventos. Aqui vou mostrar engenhocas curiosas e engraçadas que poderão facilitar a vida de todo mundo.
Se vocês conhecerem alguma coisa interessante me mandem para eu acrescentar nesta seção. Divirtam-se.



24 junho 2007



23 junho 2007



Faça como a RVSITES e coloque em seu site uma ferrramenta completa para recebimentos de seus clientes. Clique na imagem abaixo para ver um exemplo.



Voce não paga nada para abrir uma conta na BRpay e passa a ter uma ferramenta segura para receber pagamentos em seu site.
Você pode também abrir uma conta para fazer compras em sites que aceitam pagamentos BRpay. Você passa a ter a comodidade de fazer pagamentos pela internet mesmo que você não tenha acesso a uma conta de Internet Banking
Para abrir sua conta ou apenas se informar mais sobre a BRpay, clique aqui: http://www.brpay.com.br/?ind=422201

09 junho 2007
Passe o mouse sobre um arquivo para ver o nome completo. Clique sobre o arquivo para ver a apresentação. Voce pode ver o arquivo ou baixa-lo para seu computador.
Clique no icone Menu e troque a visualização ou a ordem de apresentação dos arquivos. Clique em Subscribe (RSS) e se cadastre, se voce tiver um Feed Reader instalado, para receber informações sobre novos arquivos postados.
Estas apresentações me foram enviadas, por email, por alguns amigos. A maioria delas tem a indicação de seus autores. Você tem o direito de repassar a seus amigos mas, por favor, não retire nenhuma referencia ao autor das apresentações.
Se você for o proprietário, ou autor de alguns destas apresentações, favor colocar um comentário para fazermos as alterações ou, para excluirmos o arquivo.


Passe o mouse sobre um arquivo para ver o nome completo. Clique sobre o arquivo para ver a apresentação. Voce pode ver o arquivo ou baixa-lo para seu computador.
Clique no icone Menu e troque a visualização ou a ordem de apresentação dos arquivos. Clique em Subscribe (RSS) e se cadastre, se voce tiver um Feed Reader instalado, para receber informações sobre novos arquivos postados.
Estas apresentações me foram enviadas, por email, por alguns amigos. A maioria delas tem a indicação de seus autores. Você tem o direito de repassar a seus amigos mas, por favor, não retire nenhuma referencia ao autor das apresentações.
Se você for o proprietário, ou autor de alguns destas apresentações, favor colocar um comentário para fazermos as alterações ou, para excluirmos o arquivo.



08 junho 2007
Um grupo de cientistas colocou cinco macacos em uma jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas.

Quando um macaco subia a escada, para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros enchiam-no de pancada. Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que lhe bateram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada.

Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, na surra ao novato.


Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído. Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam a bater naquele que tentasse chegar às bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles, por que batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria:

"Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui..."

Não deves perder a oportunidade de passar esta história para os teus amigos, para que, de vez em quando, se questionem por que fazem (ou não fazem) certas coisas.

"É MAIS FÁCIL DESINTEGRAR UM ÁTOMO DO QUE UM PRECONCEITO "
(Albert Einstein)

Ronaldo no Facebook

Visitem minha página no Facebook.

Quem sou eu

Minha foto
Ronaldo Nunes Siqueira Campos
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
---------------------------------------
Visualizar meu perfil completo

Arquivos

Seções

Parcerias
Ponto Perdido: Mistura de Assuntos Jogatina Online: Jogos em flash, shockwave, java e javascript para jogar direto no seu navegador
Cursos Online com certificados a partir de R$ 20